ECOR3
ECORODOVIAS ON

Papel em tendência de alta no médio prazo e de baixo curto prazo. Resistência em R$ 13,06 e suporte em R$ 9,97.

Venha acompanhar o mercado ao vivo na minha sala de análises na Clear. Basta criar o seu cadastro gratuitamente CLICANDO AQUI

Racionalização e Novos Projetos

Raio X

A Ecorodovias é uma das principais empresas de infraestrutura do Brasil, com foco principalmente no segmento de rodovias. As operações se baseiam em sistemas logísticos formados pela integração entre as concessões rodoviárias com um terminal portuário. O modal rodoviário é o principal negócio da companhia, e interliga grandes centros industriais, de produção, de consumo e de turismo nacionais, bem como os maiores portos do Brasil.

 

CATALISADORES

  • Corte de juros. Caso o BC opte por adotar um ritmo mais acelerado que o esperado de corte de juros, a queda na curva de juros deve resultar em revisões positivas do lucro (~40% da dívida é indexada ao CDI), e consequentemente se refletir nos preços das ações.
  • Venda dos ativos non-core. A venda de ativos representa um potencial adicional de valorização. Além do valor intrínseco da operação, há também o fator "intangível" do foco maior no negócio principal da empresa e a manutenção de projetos com retorno mais atrativo no portfólio. A empresa já realizou a alienação total da Elog (complexo logístico), restando agora o terminal portuário.
  • Melhora na atividade. O tráfego tem correlação significativa com o crescimento da atividade econômica. Melhora antecipada nos indicadores de atividade pode resultar em perspectiva de tráfego mais forte.

RISCOS

  • Alocação de Capital. O mercado ainda guarda memória sobre algumas decisões passadas de alocação de capital consideradas não ótimas. Mesmo que tenha mostrado disciplina nos últimos dois anos, qualquer pequena percepção de desvio pode ter impactos significativos no preço das ações (lances agressivos, entrada em ativos não rodoviários, etc.).
  • Recuperação lenta do tráfego. Dada a estrutura já enxuta da empresa (pouco espaço para mais cortes significativos de custos), ganho de margem está sujeito à melhora da receita, e consequentemente do tráfego.

Texto/Visão:

Se 2017 foi tomado por dados econômicos ainda dúbios, a recuperação desde o segundo semestre do ano passado tem se mostrado cada vez mais consistente. Não só a inflação nos últimos 12M está no menor patamar do passado recente, mas a trajetória atual de juros aponta para Selic ao redor de 6,5% no fim do ano, a atividade tem dado sinais de melhora e a confiança se recupera. Isso já tem se refletido em melhora no tráfego das rodovias e no licenciamento de veículos novos.

 

Além do cenário macro benigno, vemos com bons olhos a postura ativa da empresa em alongar o portfólio, visto a recente entrada em dois projetos bem localizados e com necessidade de investimentos não tão alta: o Rodoanel Norte e aquisição de uma rodovia no mercado secundário – a MGO. Embora após esses projetos o fôlego para novas aquisições esteja mais limitado, acreditamos que no médio/longo prazo a maturação desses ativos (geração consistente de receitas e gradual redução na necessidade de investimento) irá gerar valor para a empresa. Fora isso, a possível venda do Ecoporto será beneficial para empresa do ponto de vista estratégico, embora não deva acontecer no curto ou médio prazo. 

Close

Tenha acessso à análise completa da ECOR3 e de outras das principais ações da Bolsa

Obrigado! Aproveite seu acesso sem interrupções a todas as análises.